slide 2

05 fevereiro 2018

O QUERIDINHO DA IT GIRL CHIARA FERRAGNI TE FARÁ QUESTIONAR ... HOT OR NOT?



Gosto é algo que eu não sei explicar, não sei defender, não sei entender ao todo sobre esse sentimento, principalmente quando ele deixa de ser um e passa ser ao todo, ou seja quando mais de uma pessoa também gosta de algo que a outra também gosta.

Eu poderia dizer somente que é algo totalmente peculiar, porque as vezes temos vergonha em dizer que gostamos de uma coisa por achar que todo mundo vai achar que é estranho, e tem certos gostos que podem parecer estranhos mas TODO MUNDO GOSTA ... EM MUITAS VEZES MENOS VOCÊ.

Um dia Balenciaga disse que Triple S seria uma boa ideia! Criaram o modelo, selecionaram as cores, deram um preço – o que possivelmente equivale a alguns dias de hospedagem no Copacabana Palace – e confeccionaram. O que me deixou de boca aberta é como a moda abraçou essa ideia de Triple S, tipo OI???.

Como no hemisfério norte sempre está com uma estação a frente da nossa –modamente falando – foi notável ver todas as fashion girls desfilando com o modelo - ou semelhante – nos seus insta stories passando por post do look do dia para os streets style da vida. E a pergunta que eu faço é Hot or Not?
Confesso que a ideia de tênis surrados e menos embelezados me encanta que diz: - O MEU TENIS QUALQUER E CONFORTAVEL E FICA INCRIVEL COM QUALQUER LOOK – mas não sei bem ao certo se diria isso exatamente usando um Balenciaga.












Chiara Ferragni me fez questionar bastante essa teoria do Hot or Not.









  , , , , , , ,

A TENDENCIA QUE ATÉ ANNA WINTOUR JÁ APROVOU E USOU




Já falei aos 4 ventos e deixei registrado aqui no blog o quanto eu amo um de volta a tendência de uma década x. O poder de reviver as tendências passadas me deixa tão feliz e tão animada que dá uma sensação de que tudo mudou porem nada mudou.

Uma coisa é certa, em sentido “ tendência “ a moda não deu um grande salto da qual todos esperava com a chegada dos anos 2000. Na verdade vivemos de repleta nostalgia do que era bom e que pode ser bom mesmo com 20 , 30 ou mais anos de diferença. Com toda essa analogia em um mundo total digital a sensação em que criamos é “estamos nos anos 80-90 em uma versão digital – uma coisa meio S de continuação -.”

Logico que tem umas certas tendência que é difícil de defender apesar da ideia aparecer boa. Mas confesso que até agora tudo que voltou parece ótimo , tirando a ideia dos tênis que anda fazendo a cabeça na gringa da qual eu já deveria ter feito um post porem estou enrolando a semanas.

Na nossa pauta de hoje iremos falar de estilo + brilho.

Já faz um tempo em que o LUREX vem mexendo com a minha cabeça, acho que desde 2016. Pra quem não sabe o LUREX é aquele tecido maravilhoso  que tem muito BRILHO.

Era muito usado nos anos 70  80 e 90 e com muita sorte ainda consegui achar umas blusas da minha tia com esse tecido. Eu sei que eu já disse isso varias vezes, mas quando uma trend antiga volta eu sempre acho algo no armário da minha mãe , que muitas vezes era da minha tia ou dela .

Hoje o acesso ao lurex está muito mais fácil já que a transparência esta de volta também, e não somente em roupa mas nesse inverno encontraremos muitas variedades nas meias calças.









OI ANNA













  , , , , , , ,

SOS CABELO: A HISTORIA DO MEU CABELO PART 2




Quando o tema é cabelo, pensa em um assunto que rende. Não importa se você está no cabeleireiro ou com as suas amigas, más falar de cabelo rende! E já fiz render até em um ponto de ônibus, com uma desconhecida em quanto nos duas esperávamos nossos atrasados e demorados ônibus chegar, e sim eu ando de ônibus.

Ano passado comecei com a tag SOS CABELO. Passei a documentar um pouquinho sobre a trajetória do meu cabelo. Na época eu estava loira, e estava testando alguns produtos em que as marcas prometiam um certo “ milagre “ para suas consumidoras.

Confesso que eu detestei! O produto era SOS antiemborrachamento da Forever Liss, e eu não senti nenhum % de diferença. Ouvi algumas pessoas dizerem que também não sentiram, porem outras disseram que o produto dava uma resolvida mas também não era um “ milagre “.


Uma coisa que você precisa entender é que ser loira custa muito caro! E eu não digo na hora de você pagar o profissional para fazer, mas sim em manter. 



Eu confesso que fui bem iludida achando que esses produtos mais populares de supermercado iam me ajudar a ter um cabelo AMAZING.  JÁ QUEBREI A CARA AI. Não é que eles não tem a capacidade em te ajudar, mas para quem descolore as madeixas precisa da uma investida em produtos profissionais capacitados em “ dar “ para o seu cabelo tudo o que você tirou fazendo a descoloração. Por que no salão é uma coisa, a cor é linda, o aspecto é lindo mas ele só vai dar resultados de um cabelo PERFEITO se você investir.

É produtos para nutrir, hidratar, reconstruir, CAUTERIZAR, matizar, cuidar das pontas para não ficar com um aspecto de palha, cuidar para não deixa o cabelo emborrachado, fora quando o cabelo fica elástico ... ou seja um infinidade.

Nessa longa jornada percebi o quanto o meu cabelo quebrou. Nas fotos ele parecia cabelo de boneca, mas a realidade estava muito mais longe. Eu confesso que fiquei frustrada quando o meu cabelo deu uma emborrachada e ficou muito elástico, me senti num verdadeiro pesadelo. Isso porque não mencionei quando eu vi as pontas necrosadas, sem vida nenhuma, secas precisando de um belo corte. Em 2016 no meio do ano decidi cortar o meu cabelo bem curto, para que ele poder-se crescer saudável, mas não adiantou muito porque ele cresceu com o mesmo aspecto ruim. Em 2017 fiz a guerreira em deixa ele crescer do jeito que estava tendo fé e muita esperança que ele ainda ia ficar um longo bonito.



No final de maio  – ainda em 2017 -  veio uma onda nostálgica de querer ficar morena de novo, mas só em dezembro sobrou dim dim para fazer essa transformação – ainda com medo -  E EU JURO QUE FOI A MELHOR DECISÃO QUE EU JÁ TOMEI NA VIDA.

Sou uma pessoa totalmente indecisa mas ficar morena mesmo com medo de não gostar foi a melhor coisa que eu fiz para mim, porque 1° Meu cabelo ganhou algo que ele não tinha há muito tempo VIDA. 2° Todos os meus problemas foram embora, toda aquela preocupação do cabelo quebrado, emborrachado, elástico sumiu. Eu consegui recuperar o meu cabelo 100% e agora ele tem aquele aspecto de fio de cabelo e não de palha ressecada. E eu percebe como o meu cabelo reagiu bem através do brilho incrível que agora ele está, e como ele cresce.

Os produtos que vem me ajudando nesse novo processo com o meu cabelo são: O PRÉ SHAMPOO DA PANTENE BRILHO ESTREMO. O SHAMPOO TAMBEM DA PANTENE LISO EXTREMO – PORQUE AQUI A GENTE TRABALHA COM EXTREMIDADES RSRS – E O CONDICIONADOR RESTAURAÇÃO TAMBEM DA PANTENE. E O MAIS CARINHO POREM MUITO MUITO MARAVILHOSO QUE É O MORTE SUBITA DA LOLA COSMETICS QUE PRA MIM ESTA MAIS PARA SANTO MILAGRE DO QUE MORTE SUBIDA. O QUE EU USO É VERSÃO SPRAY DE 400ML E PRA MIM DUROU BASTANTE! E O PROTETOR TERMICO DA NASCA RAVOR.

Eu sei que para ter o melhor resultado seria usar uma única linha por vez Ex: ou de brilho extremo, ou de liso extremo, e de restauração. Não uso achando que preciso de tudo isso e que cada um irá fazer um milagre total no meu cabelo de uma única só vez, é que eu realmente gosto de usar produtos sortidos, e usando assim acaba funcionando no meu cabelo. Tem pessoas que usam uma linha em cada semana, más isso é de CADA UM.EU NÃO VEJO ISSO COMO REGRA A PESAR DE FAZER DO MODO CERTO VOCÊ “ OBTEM MAIS RESULTADOS”.

Bom esse foi mais um relato sobre o meu cabelo que com o passar dos meses e embase dos produtos que eu for comprando, ganhando e testando e venho documentar aqui para vocês.
Vocês já passaram por um drama capilar ? Conta aqui nos comentário a sua experiência.

  , , ,

 
Garota Bradshaw | ©2015-2016 - Todos os direitos reservados | DESIGN: EGOS DESIGN |